Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Faço arte com arte!

Provoca-me sentimentos

as mais insanas sensações... tentadoras

aquelas mais vorazes e infames

Enquanto eu vejo... eu observo

capturo seus mínimos detalhes

São sublimes... a essência da tua verdade

Minhas mãos deslizam, tocam

as teclas leves do teclado

Num repente, fogem os medos

achagam-s os prazeres

Sinto-me invadindo... sinto teu universo

viajo nos meus mais profundos delírios

a arte parece sair de mim

Por vezes, fico a deriva...leve

mas vivo... ela eu imagino, eu fantasio

os seus cheiros e sabores

A boca e a minha... num beijo frenético

numa loucura que não se limita

nem a tela... nem o papel

fazendo transcender minha arte

atiça a minha libido, inflama

agita todos os sentidos, meus prazeres

(DiCello, 04/08/2020)

Género: