Farfalhar!

Citando sua pele

Nos versos que escrevo

A prosa da batida

Deste coração pulsante

Posso sentir

Até as borboletas

Farfalharem no estômago

Todos esses sentimentos

Podem arrepiar

Aquela vontade ardente

Que aquece a alma

Insanas fragrâncias

Afloram de nós dois

Somos amantes

Adoramos a sublimação

teu ser, minha inspiração!

(DiCello, 04/02/2020)

Género: 
Você votou 'Não gosto'.