Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Fotografa-te!

Registra a tua beleza

a silhueta diante do espelho

revelando a tua sinuosidade feminina

Vestida, despida... sensualmente

Tantos detalhes,

entalhes que com sua permissão ousarei

a te escrever rimas,

permita-me e surgirão versos

alguns ousados,

outros reveladores

posso lhe escrever poemas

Se preferir deixarei teu nome

revelado nas entrelinhas

Sublime, musa... mulher

contornos sedutores e femininos

Não seja apenas um esboço

fotografa-te e serás poesia

diante das minha pupilas

(DiCello, 28/04/2020)

Género: