Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Frieza Escaldante

Que espera esta de acidez em que me encontro…

Quanta má vontade em gélida frieza escandante podre

Quanta perícia em risos de embuste e sonsa teimosia…

Vidas de mil asquerosas tramóias….

Colonatos de vertebral tristeza fingida …..

Posturas de malvadez inquebrantavel …..

Como quem não se perturba em tantos penares de aparatosas perderes….

Tentadas evasivas passadas sumidas de quem estando tão presente se retira….

Constante bater de asas em voos de quem ficando já nos abandonou…

Regina Pereira

15 de Junho de 2014

Género: