Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Grandes mestres, muita loucura!

Hoje cedo, madrugada ainda

um pouco fria, sem sol, nem lua...escura

pensei em ti, em nós...e tudo mais

Nestes dias tensos, cheios de incertezas

resolvi ler um pouco de Bilac, Moraes,

Li também Drummond, Bandeira

afim de ativar meus sentidos, sensíveis

acordar meus neurônios, li também Coralina

Li um pouco de Hilst, e meus versos

escritos com meus punhos, minha letra

deslizando a caneta sobre uma folha de rascunho

Nada mais, nada menos a poesia fluiu

viajou dos meus pensamentos

tomou posse da mão direita

e, eu escrevi com sofreguidão...loucamente

voraz e compulsivamente... escrevi

Entalhei nos anais da minha história

mais uma histérica poesia de amor

um que nem pulsa aqui

nem vibra mais em mim... e é fantasia

Simples assim, completa e indefinida

pela eternidade dos meus dias

Prolixa magia sem fim!

Mas pensei em ti, em nós...enfim!

(DiCello,16/05/2020) 

Género: 
Você votou 'Gosto'.