Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Heleninha

Ser feliz é amar-te,

A cada dia, hora e segundo

E o querer abraçar-te

Significa que és o meu mundo



Não me julgues por eu te querer tanto

Quem gosta procura, quer estar perto

Quanto te vejo sinto um encanto,

O meu coração com um aperto.



Por ti dou a minha vida sem hesitar,

A vida que tantos dissabores me destinou

Mas agora só consigo almejar,

Aquilo com que Deus me presenteou.



Minha princesinha pelo teu amor quero lutar,

Mas se um dia eu deixar de existir,

Lembra-te sempre sem duvidar,

Que o meu amor ainda irás sentir.

Género: