Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Humanos

Nota mais baixa
Desde teste humanitário
Sou a desventura em serie e a triste promessa ?
Mundo de Deus , mas quem a farra organiza é Satanás
Sou humano de coragem pequena e de armas nulas !
Devagar vou abrandar
Meus demônios que pedem desenvolvimento ...
Não estou contemplado na lista dos blindados
Dos tesouros nacionais
Nem na ala dos privilegiados .
Nem serei alistado soldado para tal batalha viver
Nessa guerra corrente
Que extirpa o coração indelicadamente
Eu queria ser menino e permanecer
Muitos se tornam desmantelo de caricatura adulta humana
Mas meu pai me preparou no seu silencio
E eu me fiz ouvinte das palavras queridas
Não com a cura de toda fome ,
Ensinando que não era apenas os peixes
Que eu deveria apanhar
Mas que o melhor remédio para este flash de vida
E que para qualquer papel nesta teatra vida
Viver bem - o desafio é amar não é para desalmados!
As sementes do bem vingarão
Mas antes , " no mundo teremos tribulações "

Género: