Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Inconsciente

Inquietante

dilacerante

a criatura estranha que se assomou à minha janela

expectante

fitava-me com dois abismos no lugar de olhos

e duas espadas reluzentes desenhavam cruelmente a sua boca

Desafiei o mistério e penetrei nos abismos

A minha alma se encantava

e a criatura regozijava-se

 - Quem és tu criatura estranha que trazes os séculos condensados e o enigma de todos os mistérios encerrado no teu raro semblante?

Intrepidamente perguntei

- Sou o mistério que todos vós temeis e alcançareis

Tu viste-me sem querer ser visto

Procurei-te

e como ousaste conhecer-me

ofereci-te um vislumbre do desvendar de alguns mistérios

e agora tua alma já me pertence

- Mas tudo são mistérios dentro de um mistério maior

agora não terei paz

- Quem ousa penetrar nos abismos do mistério

terá de enfrentar a escuridão

No momento certo voltarei

E a criatura estranha

subitamente

desapareceu

Género: 

Comentários

Bem conheço isso! Me atrevi em entrar nesses mistérios e o céu venceu o inferno!

Tenho já escrito, é só publicar... Experiências incríveis!!! E horrivível também! Sofri!!!

Abraços!

Obrigada Madalena! Espero que em breve possa partilhar connosco essas experiências.

"Não há despertar de consciências sem dor. As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar a sua própria alma. Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão." Carl Jung

Tudo de bom :)

Abraço

Vivi na  minha pele, a experiência! Mas tenho  muito o que dizer para quem estiver passando por isso!

Abraços!

Penso compreender aquilo a que se está a referir.

Acho que a principal batalha que devemos travar na vida é a batalha no nosso interior, quando alcançarmos a paz, vencemos, penso estar nesse processo...

Abraço!

Sim! Estou, agora em plena "PAZ" mas para alcança-la tive que lutar muito!

Abraços!

Ainda bem Madalena!

:)

Duras lutas, grandes vitórias!!!

bjinhs

Verdade! Sem lutas não há vitórias! E na vitória é  só glória!

Beijos!

Eu venci e tu vencerás também!

Beijos!