Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Inseguranças

" Inseguranças"

Eu da vida só tenho a certeza
De que nada é certo
Pois vivo na tristeza
Que trago cá dentro

As minhas inseguranças
Prendem-me com amarras
De que não me consigo libertar
Que me fazem sofrer por antecedência
Por esse futuro que não conheço
E que está para chegar

Queria tomar outro rumo
Dar mais alento a minha vida
Deixar-me levar ao sabor do vento
Deixar de me sentir tão perdida

Às vezes sinto o peito apertado
E não consigo respirar
Tanto eu já tenho chorado
Com medo de não conquistar
Tudo o que sonhei
Tudo o que imaginei

Pois o cansaço apodera-se da razão
E faz-me perder no tempo
Deixando de bater o meu coração
Porque o medo
É mais forte
Que a vontade que tenho de vencer

Autoria: Sandra Silva

Género: