LOLITA

Você mente p'ra mim,

Bagunça minha cabeça,

E ri do meu amor.

 

Me faz de gato e sapato,

Me deixa estupefato,

Com tanta possibilidade de dor.

 

Você não sente remorsos,

E nem repara nos esforços,

Que faço p'ra lhe agradar.

 

E eu sempre busco uma desculpa,

Para redimir sua culpa,

E novamente a perdoar.

 

E assim sou seu cachorrinho,

Que, por um pouco de carinho,

Fica a lhe fazer festa.

 

Perdi toda minha auto-estima,

Você se sente "por cima",

E o ciúme é o que me resta.

Género: 
Você votou 'Gosto'.