Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Loucos e insanos quereres!

Meus quereres são loucos

são profanos desejos insanos

quero-te sentir… lamber

saborear-te em minha boca

saciando-me do teu mel

o teu corpo verte o néctar

cada sentimento com sensações

Provo-te com minha boca

percorro com minhas mãos

as tuas curvas… as nuances

tuas linhas atiçam o meu ser

com cumplicidade dos nossos corpos

nossas almas entregues ao amor

a paixão…. aos desejos

destas nossas puras loucuras!

Façamos assim com tesão

realizando nossas fantasias

neste ato de sublimação e paz!

(DiCello, 18/12/2015) 

Género: