Loucura a dois!

Febris estão os teus lábios, 

quando loucamente tocam os meus

Meu coração com fervor dispara

me rendo aos encantos teus

Divago sobre os seus caminhos

acaricio suavemente a geografia

Os teus seios impávidos

se inflamam salpicados de arrepios, 

Ah, quão belas as curvas, 

as formas, atiçam o meu querer

num sensualidade íntima

Neste balé amoroso 

onde o desejo nos intoxica, 

assim nos amamos loucamente

numa arrebatadora paixão

(DiCello, 10/11/2020)

Género: 
Você votou 'Gosto'.