Menina-mulher!

Ela, é a Musa da Ilha da Magia
Filha eterna da poesia
Irmã ousada da rima
Prima dos versos
Tudo nela me inspira
Atiçando minha libido
Eriçando meus pelos
Provocando arrepios alucinantes
Fazendo minha mente criar
Belissímas e inusitadas fantasias
Ela é minha inspiração
Faz acelerar meu coração
Sempre que a vejo
Através das minhas pupilas
Sua silhueta é jovem
Já a sua alma é peregrina
Vários mundos... diversas vidas
Nesta ela é obra de arte
A mais prima das artes divinas
(DiCello, 11/02/2020)
Género: 
Você votou 'Gosto'.