Mente pura!

Estas nua

observo-te calado

mergulhando meus olhares

nos detalhes sedutores

contornos... curvas

silhueta exuberante

Fantasio teus longos

e cacheados cabelos negros

Alimentando os fetiches

Devoro-te faminto

Meus lábios estão sedentos

e há, um apetite selvagem

Em meus pensamentos

muita bobagem

Desejaria possuir-te,

amando loucamente por horas

Explorando tua sinuosidade

Eis minhas ousadas fantasias

Delírios poéticos

unicamente loucuras

(DiCello, 28/07/2020)

 

Género: 
Você votou 'Gosto'.