Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Meu amor

Meu amor,
Guardo, amarro
Agarro com toda delicadeza.
O oposto pode ser apático
Pior que remédio fraco
Um placebo sem efeito

Meu amor,
Até teus cabelos, são um charme !
E a vida ? a vida também pode ser louca
Mas não deixemos...
O calor satisfatório do amor
Pois é morrer sem se despedir da vida.

Meu amor,
Devemos provar toda cumplicidade
Gozar a vida de verdade
Vivendo talvez
De mãos dadas bem velhinhos
Amor e eternidade.

Meu amor,
Vem vamos, quem sabe não demora!
Pode não haver próxima estação
Vamos caminhar, temos nosso mundo

Género: