Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

A minha procura

A minha procura

Hoje acordei com saudade de mim, fui ao espelho e eu não estava lá. Onde será que eu fui? Será que me perdi? Que falta me faço. Mas hei de procurar-me, devo estar em alguma esquina da vida. Numa rua estreita, quem sabe num café da cidade, numa mesa de bar. Não sei bem, mas vou me procurar antes que eu me perca e não me veja defronte ao espelho.

 

Charles Silva

Género: