Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Miragem

Durante anos vagueei na ilusão.
Amei sem ser amada
E encurralei-me no beco da solidão
Julgando-me ignorante e fracassada.

Quis voar... e voei.
Caí na profundeza do oceano.
Andei perdida no mundo, mas gostei
De ser um ser desmedido e profano.

Depois parei... e inspirei.
Procurei a mutilada alma,
Vasculhei... E encontrei.

Abri os braços à vida
Sorrindo à brisa calma,
Sobrevivente da miragem sumida.

Género: