Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

A MORTE CHEGANDO ( EM RELAÇÃO AOS QUE AGONIZARAM NA SÍRIA)

DE ONDE ESTOU POSSO VER.

UM FIO DE  LUZ SE APAGANDO.

AINDA SINTO O ULTIMO SOPRAR,

DO VENTO EM MEU ROSTO.

E EU AQUI NESTE CHÃO.

SEM ENTENDER A RAZÃO.

NA CALÇADA VEJO MAIS CORPOS,

AGONIZANDO NO CHÃO!

E ENTÃO PENSO.

QUE FIZ EU?

QUE FIZEMOS NÓS?

ÁH!

QUE PREÇO, NOSSA ALMA PAGA?

GANÃNCIA?

PODER SEM LIMITES?

EM QUE, A HUMANIDADE CAMINHA?

NÃO TEMOS MAIS SEGURANÇA.

NEM DENTRO, DOS PRÓPIOS MUROS!

QUE FAZEM POR TRÁZ DE NÓS?

ENQUANTO VIVEMOS SÓS?

NUNCA IMAGINEI, SEQUER.

QUE NÃO HAVERIA UM DEPOIS!

MEUS PAIS, IRMÃOS E AMIGOS!

CAIDOS NA ESTRADA, EU VEJO!

UM FIO DE VIDA, AINDA RESTA .

SINTO NA PELE , NA ALMA!

UM DIREITO QUE NÃO VEIO.

PARA MIM ... PARA NÓS ... PENSO...

NO FUTURO DA HUMANIDADE!

.QUEM SERÁ, O PRÓXIMO ALGÓZ?

ARLETE KLENS

Género: