Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Nem Pintada de Rosa

Na verdade eu nem sei direito o que acontece...
Num dia você diz que me adora e me idolatra
E me diz que está com saudade
Mas quando eu viajo e estou perto
Você nem quer me encontrar,
Você nem me responde,
Inventa desculpas e de mim se esconde.
 
E então eu vejo na internet as fotos
De você passeando com seus amigos
De noite pela cidade se divertindo,
Agora eu sei você não quer ficar comigo.
Você sempre dizia que eu sou sua escritora preferida
E na verdade eu quero ser só sua amiga.
 
Você tem um jeito delicado e sensível
Mas a verdade é que você não quer me ver
Nem pintada de rosa coberta de purpurina,
E pior seria se meu nome fosse Maria!
Eu sei que você não é o amor da minha vida
Mas eu pensei que eu era a sua amiga
E a sua escritora preferida.
 
Mas a verdade é que você não quer me ver
Nem pintada de rosa coberta de purpurina.
 
 Seus olhos azuis são tão lindos,
Nossa amizade era rica e até simplória,
Te comprei alguns presentes
E você me ajudou em algumas horas,
Mas agora você só me dá o fora.
 
E então eu vejo na internet as fotos
De você passeando com seus amigos
De noite pela cidade se divertindo,
Agora eu sei você não quer ficar comigo.
Você sempre dizia que eu sou sua escritora preferida
E na verdade eu quero ser só sua amiga.
 
Sempre gostei do seu  jeito delicado e sensível
Mas a verdade é que você não quer me ver
Nem pintada de rosa coberta de purpurina,
Eu sei que você não é o amor da minha vida
Mas eu pensei que eu era a sua amiga
E a sua escritora preferida.
 
Mas a verdade é que você não quer me ver
Nem pintada de rosa...
 
Eu sei que você não é o amor da minha vida
Mas eu pensei que eu era a sua amiga
E a sua escritora preferida.
 
Mas a verdade é que você não quer me ver
Nem pintada de rosa coberta de purpurina.
 
JM JAMILA MAFRA

Género: