Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

O sol

Sei que estás aqui

Tão longe e tão distante

Mas ainda chamo por ti

Mesmo que a dúvida seja hesitante

Não existe pessoa como tu

Quando chove são as minhas lágrimas

E é nessa tempestade que te prometo

Guardar-te para sempre nas minhas páginas.

És a música que mais gosto de ouvir

O livro que nunca acabei de ler

És o filme que me faz sorrir

O poema que ficou por escrever.

Sei que nada dura para sempre

E nenhum de nós o pode alterar

Mas permanece em mim

A esperança de um dia te poder ver passar

Um sonho olhámos de frente

E dele podemos amar

Porque a tempestade tem um fim

E é do sol que nos vamos lembrar.

Género: