Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Ondulações (III)

Rosas de toucar no caramanchão

campestre perfumada sedução

 

Água do ribeiro a correr mansamente

na verde paisagem cristal transparente

 

Iogurte e fruta fresca ao acordar

quão bom este silvestre despertar

 

Por entre as nuvens soltas pisca o sol

e no jardim se esconde o caracol

 

Nas tardes preguiçosas de verão

um brilho intenso de azul perfeição

 

Que caminho escolher na encruzilhada

sem conhecer o termo da jornada?

 

Na mansão negra da melancolia

num quarto escuro esconde-se a alegria

 

Pássaros cantam no verde dos montes

dizendo adeus ao sol no horizonte

 

Sª Mª Feira, junho 2018
 

Género: