Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Ontem

Então o ontem retorna,
Trás a face amarelada, como o sol brilhando lá fora.
Balbucia algumas palavras.
Apenas finjo ouvir.
Sorrio, pareço FELIZ?
Que importa!
Desde que o ontem volte sempre,
Bata em minha porta e entre. Trave uma batalha com o hoje. Temos algumas horas ainda de sol. E até que a noite nos cubra, vou sorrir. Nos encontramos outra vez amanhã.

Género: