Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

PAI UM LONGO AMOR

PAI UM LONGO AMOR
 
Ser pai é um longo amor
Um amor que não ecoa
Não morre nem dá dor
Nem vai e volta, nem voa
 
É tão intenso e da vida não sai
Tão claro, e tem o brilho do Sol
É tão puro, é o Amor de Pai
Que prós filhos é um farol

Amor de pai é tão, tão fraterno
Percorrendo vários trilhos
Seu doce esplendor é eterno
Amando incondicionalmente seus filhos
 
de: Fernando Ramos
 

 

Género: