Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

PALAVRAS

já não tenho mais palavras

gastei-as todas gritando o meu amor

já não tenho mais palavras

fugiram, uma a uma, com a minha dor
já não tenho mais palavras
perdi as armas que tinha para combater
acabaram-se as minhas palavras
agora só me resta sofrer
acabaram-se as minhas palavras
somente ficou o que te deixo escrito
a historia do tempo que me ignoravas
as palavras que eram o meu grito
e que agora já não existem
a dor de um coração que está aflito
onde os sentimentos persistem
mas as palavras são o vazio
de um amor que já partiu
deixando esta dor em que me esvazio
já não tenho mais palavras
até já perdi a razão
roubaram-me as minhas palavras
onde andará agora esse ladrão
que com as minhas palavras
irá tentar conquistar outro coração

angela caboz

Género: