Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Paralelo

Para ser terra, tem de ser mar,
para ser quente, tem de ser fogo,
para haver ódio, tem de se amar,
para haver vida, tem de haver folgo...


Para haver belo, tem de haver feio,
tem de haver o falso para haver honesto,
tens de estar vazio para ficares cheio,
tem de haver palavras e tem de haver gestos.


Tem de existir o mundo, tem de existir gente,
para existir a luz, tem de haver o breu.
Tem de existir caminho para olhar em frente,
tens de existir tu para existir eu.
 

Género: 

Comentários

Gostei geste poema!

 

Desculpa, quis dizer ´´deste``

Muito obrigado Fernanda! :D

André... Lindo poema!

Gostei e muito!

Abraços poéticos!

Muito obrigado Madalena :)

Abraço poéticos!