Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Pedaço de mim

PEDAÇO DE MIM

 

Lembro minha mocidade,

o crescer em minha cidade,

o tempo de minha infância

os meus sonhos de criança,

e da vida de liberdade,

quase morro de saudades.

 

As lembranças embaçadas,

da primeira namorada,

da casa de vovó.

dos meus sonhos de menino,

do meu mundo pequenino.

 

Oh meu Deus! Como eu queria

ter de volta a alegria

daquelas tranquilas tardes

em que eu jogava bola

com os amigos da escola.

 

Que saudades do meu mundo

dos meus amores profundos,

da união dos meus pais

que hoje nem se falam mais,,

quanta falta isso faz.

 

Minha vida vou seguindo.

Não sei se indo ou se vindo.

Nesse mar a navegar,

não achando diferença

no lugar a que chegar..

 

Hoje peço ao meu senhor

que alivie minha dor,

traga o amor da minha vida,

pois só sinto algum frescor

com você minha querida.

 

Género: