Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

PLANOS REFLETIDOS

 

 

desde a infância

cabelos crentes ao vento:

é só cantar

que não se torna deprimente

 

nestes passos largos

passam a vida

e a vida atrevida

só não passa o ocaso

 

esta vontade de querer

subitamente interceder

por planos refletidos

e quietas convivências

 

só não passa o opróbrio

e a chama ofegante

na última vereda

desta ironia ou malogro

 

de aos sessenta

desejar o favor

de um amor fugidio

implícito neste clamor

 

 

 

 

 

 

 

Género: