Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Poética

Não tenho nem a pequenez
da poética perfeita,
por ser esquálido e carente
este sentimento ainda por anotar
nas paginas do meu
dicionário imperfeito.
Minha sagacidade diminuta,
quero ter esta poética pequena
dentro de pequenos bolsos
quero pela vida ter mais apreço...
vida,
membrana protetora da minha alma
me alimento da paisagem e do tempo passado
pássaros alegram esse triste momento.
Tem tanto anjo
E nem um conheço
Talvez é pela má fé,
que estou deperecendo,
em vida sobrevivendo.
correndo com joelhos trincados
de correr por objetivos ralos
anônimo a este mundo
pequeno sem poética
e sem princípios celestiais.

Género: