Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

poemas da razão

as reflexões fluem como resguardos da nossa contundência quando presumem o cariz traiçoeiro do mundanismo e as suas nocividades habituais; quando se introduzem nos lugares quezilentos para alegrarem a nossa desconsolada condição.

Género: