Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Poemas e orações Autora Maria Carmo Borges Maria Borges

https://music.youtube.com/watch?v=oYzKO9LoPnM&list=RDAMVMoYzKO9LoPnMTe peço com devoção

Tem de nós compaixão.
Não nos deixes perder
 
Para que o maligno não nos possa vencer Mas
sim Tu. ó meu bom Pai Que quando nós damos
um “ai ”Logo chamamos por Ti Assim nos vens
Socorrer Porque não nos queres ver sofrer. E o
teu rosto para nós sorri .Senhor Jesus
 
Sempre te vou amar AMEM.
 
Autoria: Maria do Carmo Borges 16
 
Amanhã és mulher
Onde está a diferença
 
Pois a criança sabe bem o que quer.
A criança sonha com amor
O amor dos que a rodeiam
 
Seus pais, professores e catequistas
E também o amor de Deus.
 
Deus habita no coração de cada criança
 
Por isso Jesus disse:
 
“Deixai vir a mim as criancinhas
Pois delas é o Reino dos Céus.”
 
Criança que corre e dança
Na rua iluminada pelo sol e pela lua
Criança com os teus encantos
Como os teus olhos brilham
Como a luz divina que vem do Céu.
Criança, nunca te esqueças
Que amanhã vais ser mulher
O mundo está nas tuas mãos
 
Haja o que houver.
 
Criança que dormes na tua cama
Cheia de peluches e de conforto,
Teus pais dão-te todo o amor
Carinho e cuidados.
Mas vamos falar também
Daquelas crianças sem Lar
 
Autoria: Maria do Carmo Borges 17
Sem pão, sem pais, sem brinquedos...
Como será o amanhã dessas crianças?
 
Assim sofrem os inocentes
Que não têm culpa de nada
Passam fome e passam frio
Até a guerra ser acaba
Ó meu Deus, que bom seria
Gostava de ter o poder
De acabar com o sofrimento
Não ver ninguém a sofrer
Não haveria cadeias,
Nem doentes nos hospitais
Seríamos todos felizes
A alegria não acabaria
mais isso não esta acontecer
Porque o Homem isso não quer.
A ambição pelo dinheiro provoca guerras
quando quer. Assim sofrem os inocentes
 
Que não têm culpa de nada
Passam fome e passam frio
Até a guerra ser acaba
 
Ó meu Deus, que bom seria haver paz
E não haver fome nunca faltar o sustento para
 
as crianças não sofrer.
 
Era bom
 
Que houvesse bons corações
Não fazer mal a ninguém
E a todos dar as mãos.
Porque será, ó meu Deus,
Que a humanidade isso não faz?
Era tão bom e tão belo
 
Autoria: Maria do Carmo Borges 18
 
Se todo o mundo vivesse em Paz.
Ó meu Deus, Tu és amor
E também és piedade
Eu sei que estás muito
ofendido acabou
o amor neste mundo.
Mas tem por nós caridade.
Ó que palavra tão linda
que e a palavra pás
Pois ela é irmã da natureza
E tanta alegria nos traz
.Vede como a natureza
Por Deus foi tão bem criada
É tão belo ouvir os passarinhos
Com os seus cânticos de madrugada.
 
Logo ao romper da aurora
Eles começam a cantar
Vivem felizes e contentes
E lá voam com suas asas
E assim as avezinhas
Procuram o seu alimento
De manhã até à noite
É o seu entretenimento.
É tão lindo e tão belo
O cantar dos passarinhos
Logo quando acaba o dia
Eles vão para os seus ninhos.
E se todos assim fizessem
Não haveria tanta ingratidão
Não haveria guerras nem maldades
Mas todos teriam bom coração.
Género: