Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Poemas e orações Autora Maria Carmo Borges Maria Borges

A criança é como uma flor

Que aos poucos vai abrindo,

Assim ela vai crescendo

E para nós vai sorrindo.

 

Sorri com alegria,

Sorri com ternura,

Quando nos dá um beijinho

Ai! Mas que grande doçura!

 

Toda a criança que está no mundo,

Por Deus seja abençoada,

Para que um dia já adulta,

Todo o próximo trate bem

Para ser bem tratada também.

 

A criança é pura e bela

Toda ela é Inocência.

Elas precisam dos adultos,

Muito amor, educação e paciência.

 

Criança, hoje és criança,

Amanhã vais ser mulher,

Mãe, esposa e avó,

Até quando Deus quiser.

 

Jesus também foi criança,

Neste mundo Ele habitou,

Veio cá como salvador

E para nos dar a conhecer,

A doutrina que nos ensinou

Como és linda ó criança,

És linda como uma flor,

Quando choras estás a pedir

Para te darem muito amor

 

 

Como és linda ó criança,

És linda como uma flor,

Quando choras estás a pedir

Para te darem muito amor.

 

Também podes estar a pedir

Para te darem o biberão

E que te mudem a fraldinha

E que te dê a minha mão.

 

Eu aceito o teu pedido,

E a minha mão te vou dar,

Também te dou o meu carinho

E vou-te levar a passear.

 

Jesus deixou escrito:

Deixai vir a mim as criancinhas,

Porque elas são inocentes

E são muito queridinhas.

 

A criança brinca, brinca,

Brinca com seu brinquedo...

Também com ela devemos brincar

E nunca lhe meter medo.

 

A criança chama pelo Pai

E também pela Mãe

Quando começa a andar,

Que gracinha ela tem.

 

Os seus delicados pés,

A criança põe no chão

Quando não se equilibra,

Sempre nos pede a mão.

 

Género: