Poesia da minha terra

" Oh Poesia da Nossa Terra"

Ainda bem que a poesia existe
Triste ou alegre
Essa poesia que me assiste
Onde liberto meus sentimentos
Que me invadem o olhar
Mesmo que chore ou ria
Mas sempre existirá
A poesia aqui no meu lugar

Essa poesia que me abraça
Que me faz se quem sou
Como esse abraço que se entrelaça
Nessa magia que saiu de mim e voou

Que bom que existe
Alguém que dá valor
A essa gente alegre ou triste
Que na nossa terra se criou

Levando Oliveira do Bairro
Além horizontes
Com essas poesias
Que correm como os rios
E nasce como como as flores
Nascem nos montes

Oh gente da minha terra
Não deixem de rimar
Pois com tristeza ou alegria
A poesia tem de continuar

Continuar até que doa
As pontas dos dedos de tanto escrever
Mas não podemos deixar que a nossa poesia
Deixe de existir e algum dia possa morrer.

Autora: Sandra Silva

Género: 
Você votou 'Não gosto'.