Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Pudica

A nudez impudíca

dessa parede branca

não me deixa esquecer

do mal que me abocanha.

 

Antes da outra,

já sinto a morte

de saber inúteis os planos

e impossíveis os sonhos.

 

Senhora da única certeza

e o fim das possibilidades,

sinto-a represar o rio

que naveguei.

 

Em que porto, aportarei?

Género: