Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Que me faças voltar à vida e que me leves ao teu céu…

Chego cansado deste mundo imundo,

Procuras meus braços para abraçar.

Fecho os olhos e respiro fundo,

E logo encontro teus lábios para beijar.

 

Curo o stress tomando da tua calma,

Enquanto me aqueces de amor e de paixão.

Tento decifrar os segredos da tua alma,

Mas nunca consigo ler essa tua ordenada confusão.

 

Ainda me lembro do dia em que te consegui,

Quando, numa missão impossível, o Olimpo escalei.

Roubei-te da cama dos deuses…nunca mais te devolvi,

Deste-me a provar o teu doce veneno e assim me viciei.

 

Durmo contigo, acordo ao teu lado,

És um mundo feito à minha medida.

Sinto que estou perdido por ti, mas não quero ser encontrado,

Quero-te agarrar, beijar, amar até que não me reste vida.

 

Quero ser cavaleiro defensor dos mistérios do teu corpo e do teu ser,

Lutar todos os dias por cada pedaço teu.

Quero que dispas minha armadura e me deixes morrer,

Que me faças voltar à vida e que me leves ao teu céu…

 

20/10/2014 – 20:30

Género: