Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

QUIMERA

 

Quero merecer essa vida,
Vivida, suada e amada...
Experiência contida, 
Alegre e inusitada...
Perceber o que passou,
Ficou para trás
E não voltou...
O que sou agora,
Distante de tudo,
Mas perto de outrora...
Quero muito aprender,
Doa a quem doer...
Sobre as raízes que tenho,
Frutos do meu empenho...
E no que ainda posso ser.
Ensinar ou aprender
A quem vier e merecer...
Continuar para sempre,
Perto e dentro do meu ser.
E com ele meditar, 
Feliz até morrer...
Sozinho e sem saber.
 
 
Género: 

Comentários

Teus versos Poeta, são um verdadeiro testemunho de quem ama e realmente sabe e sente o rela valor da vida.

O testemunho de quem muito já viu.viveu,aprendeu e compartilhou e muito anseia prosseguir.

Um existir exemplar...

Minhas congratulações muito apreciei meditar em tua obra,grata por partilhar connosco.

Desejo-te um final de semana feliz e sereno juntamente com tua familia.

Obrigado Ronilda, pelos teus comentários... Fico feliz por teres gostado; Quimera, é um dos meus preferidos e talvez de  entre todos os poemas que postei no site, o que melhor ilustra o meu precurso de vida e aspirações... A música que escolheste é linda e enquadra-se perfeitamente no teor da poesia. Quando quiseres, volta... serás sempre bem-vinda. Um beijo e saudações poéticas!!!

Ps: Se permite-me compartilho uma canção que muito apreciamos aqui em casa.

http://youtu.be/BIIChSFAW3w

Ao ler-te "Quimera" recordei-me dessa melodia.