Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

A razão dos homofóbicos

 

Criaturas andam na escuridão

Coisas minúsculas, se movimentam por toda parte

Se facha isola, isolado perde-se o ar

Tranque, feche, isole, no escuro é melhor

Abra, ilumine, refresque, sai pra lá escuridão

A segurança está ameaçada

Muita gente má no mundo

Mais, não é mais. É pouco

Tem gente olhando o medo da alma dos outros

Afasta-se, não grita. Minha alma está em pânico.

Género: