Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Redoma

Deste lado

Nada parece ser tão engraçado,

Escuto risos, gargalhadas,

Tento olhar, mas os meus olhos não abrem,

Incapazes!

 

Que diferença faz toda essa minha revolta?

Sou tão pequeno diante do mundo,

Mas, não me leve a mal..

Apenas não me encaixo.

 

Estou sozinho

Em meio a penumbra,

Caminhando para a escuridão,

Mas, isso já não importa mais,

Os corações tornaram-se lúgubres,

importando-se com coisas banais!

Mas, que diferença faz?

 

Isso é apenas um anseio louco,

Almejando abalar o mundo...

Escrevemos poesias ao surdo,

Escrevemos poesias ao mouco.

 

Que diferença faz,

Se não podem me ouvir?

Se minha voz não é forte o suficiente

Para ultrapassar a redoma.

Para estilhaçar a redoma existente!

 

Género: