Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Repressão Poética

Caminhando entre versos perdidos
na mão, os papiros ditando as regras
da razão. Sílabas nas construções,
nos grandes muros, sermões;
exército marchando a pátria
poética, cantarolando na mira
de rima noética.

Ele atira contra a vanguarda:
sangra o civil em desalento.
Exaure sua mágoa, escreve
antologia de lamento, e apaga
o macabro livro, suspira...
vidas perdidas um dia.

 

Género: