Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Rotas

Por vezes sei que me disperso
Nos escombros da essência...
É apenas um modo adverso
Adquirido pela inata prudência.

Por vezes sei que não me revês
Nas entrelinhas do amor.
É apenas a insensatez
Da minha condição indolor.

Sei que por vezes é preciso mais
Do que permanecer aqui
Ancorada neste cais.

Aguardo apenas as correntes favoráveis
Para navegar até ti
E velejar pelas rotas inimagináveis.

Género: