Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Só Por Hoje!

É o fim

Mas também o começo.

Meus olhos úmidos

Olham  ternamente as estrelas do céu

Procuro esquecer as estrelas da terra,

Só por hoje!

A cada dia que passa

As memórias não vividas esvaecem 

E me enlouquecem outrossim.

E se eu tivesse vivido?

E se eu tivesse esquecido,

Os olhos que me cercavam?!

Nos olhos daquela dama,

eu naufragava!

Nos lábios da mesma dama,

eu me afogava!

E não praia dos seus beijos,

Eu não cheguei!

Morri nos seus sonhos,

Na sua inquietude,

No meu coração!

É o começo do fim! 

 

 

Género: