Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Saudade

SAUDADE

 

O tempo passa e tudo que vivemos fica para trás 

Saudade daquele tempo que pulava, e brincava

Esse tempo não volta mais!

Tempo, que eu ainda era criança! Cheia de esperança!

Saudade daquele tempo que cresci

junto a natureza! tudo era beleza.

Saudade da minha mãezinha, que nervosa a me chamar:

Menina vem depressa! seu banho tem que tomar.

Saudade dos meus irmãos, apelidos a me colocar, 

E eu muito dengosa, me punha a chorar!

Saudade da escola, Passar cola?Nem pensar! 

Quanto mais me arriscar em colar.

Saudade daquele tempo, em que a professora era lei. 

Bagunça na sala de aula? Nunca pensei.

 

Saudade! Saudade! Saudade.

Foi  que restou

CCS 21/05/2015

Género: 

Comentários

Saudades  de você, Flor Poética! Até que enfim apareceu...

Quem sentiu saudades foi Eu!

Abraços mana!