Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

SEDUÇÃO

 

No crepúsculo do tempo fico a meditar

Naquele céu estrelado que me faz sonhar

Com a nuvem branca que flutua no ar

Trazendo a imagem daquele chão estrelado que ficou a saltitar

São momentos únicos e verdadeiros

Não desejo perde-los, e sim ficar o tempo inteiro.

Sem angustiar o coração

Desejo ampliar o tempo

E sentir os desejos se alojar na minha mão

Sem nenhuma precipitação

Com o caminhar do tempo fico a desejar

Que estes momentos tomem conta de mim por inteiro

Faça-me sentir sem timidez

O que quero encontrar

Seja na relva

Seja no mar

Basta um sopro do vento para idealizar

Aqueles desejos incutidos que voltam a brotarem

 

 

Margarida Cabral

 

 

 

Género: