Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Sem título

*

Não gosto quando saímos de casa juntos mas depois tu vais para um lado e eu para outro e beijamo-nos na rua. Não me leves a mal, sabes que gosto dos teus beijos e tremo toda só de pensar nos teus lábios, mas não gosto quando tenho de te beijar na rua.

As pessoas não têm de estar lá nem os cães e as chicletes no chão são feias. Rais parta a vida que é amor. Porquê que vivo num palácio contigo dentro e quando sais de ti resta só o mundo que inventaram? Porquê que não podemos ficar só nós os dois para sempre?

Não me leves a mal, tu sabes que eu te amo. Mas não gosto de te beijar na rua e talvez nunca aprenda a gostar. Não me leves a mal, não há nada mais demolidor em mim que um beijo teu, eu gosto do beijo que me dás antes de ires embora para outro lugar que não a nossa casa. Só não gosto de tudo o resto, porque não me resta mais nada além de ti.

 

Género: