Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Silêncio mortal!

Rastros… deixo ao escrever
rastros desta passagem
sinto ter lastro
para continuar traduzido
meus sentimentos
aquelas sensações ímpares
Chegará um dia
que findarei essa existência
Mas ainda, estou aqui
e traduzirei minh’alma
Meu mundo hoje pulsa
versos…rimas… e poemas
Mas no dia da partida
me transformarei num traço
um simples ponto final
Não será uma despedida magistral
apenas um silêncio mortal!
(DiCello, 05/12/2015)

Género: