Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Silhueta

À Helena na quinta aldeã

 

 

Silhueta esbelta denota formosura,

Seu prazer também na arte hípica,

Que bem pode gozar, que sorte, em ser épica,

Que jamais seja funesta, triste, e escura!

 

Passo cadenciado como imponente mestra

Nos braços da amizade e sentimento incita:

Mas se era a que perdi, glória lhe seja feita,

Outra igual que esperança me assegura!

 

Seu nome, Helena, me despeço;

Da Quinta Aldeã com Fé, também

Que este lindo momento reconheço.

 

Cantar o duro destino com um fado!

Como se de um fingido bem se tratasse,

Que descanso posso dar a meu cuidado!

 

 

_Antes que me esqueça_jmcenteio

Género: