A sobra

A sobra

 

Eu sou a sobra

Quando as pessoas se reúnem, todas que te agradam

Só vejo sorrisos e carinhos

E eu sou a sobra

Que todos olham só quando estão realmente famintos

Ou quando não tem nada melhor pra comer

Nunca a primeira opção

Nunca a mais atraente

Aquela que já foi revirada, revirada e revirada que nem tem mais graça de olhar

Aquela que tem as mesmas misturas junto com o mesmo arroz e feijão

Aquela que já começa a ter uma cor acinzentada

Até eu me considero minha sobra

É sempre pros outros, pros outros e pros outros

Mas você ainda é a sobra, e ninguém faz um jantar especial com sobras

Talvez se o prato fresco daquele dia tivesse os legumes que você tem, você já seria lixo a muito tempo

Ainda sim, eu continuo sendo a sobra

E eu descobri que comida estragada não tem como se tornar um prato gourmet

Por isso que eu estou esperando o momento que eles vão descobrir que podem cozinhar sozinhos e deixar que as moscas me devorem

 

 

Laura Turati

Feito em: 16/12/17

 

Género: 
Você votou 'Gosto'.