Concursos

  Quer editar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.

  Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

Amizade

A CHAVE

 A CHAVE

                                

Quando a Chave já é tosca,

Mas de bom trato na fechadura,

Não a torça, nem use a força,

Pois nunca vai ficar na rua,

 

PORQUE:

 

Aquele que a rode,

Que entre e se acomode.

 

Não pense no aspecto,

Nem tão pouco no transtorno,

Porque além do afecto,

São favores que retorno.

 

Entre… Quêm é?

Cão Preto - 1

Cão Preto - 1

Acordei com o ladrar de um cão abandonado. Desorientado procurava o dono com o nariz levantado caçando o vento. Corria pela minha rua, gania, entrava e saía no meu quintal, pedia comida, olhava-me, trepava pelas minhas pernas, tremia sem medo…

É um pouco grande, tem uma orelha branca caída e outra preta arrebitada, uma mancha branca no peito em forma de estrela e nada mais, todo preto como a noite. Tem olhos castanhos muito expressivos, parece hiperativo, é assim que gosto deles.

A sobra

A sobra

 

Eu sou a sobra

Quando as pessoas se reúnem, todas que te agradam

Só vejo sorrisos e carinhos

E eu sou a sobra

Que todos olham só quando estão realmente famintos

Ou quando não tem nada melhor pra comer

Nunca a primeira opção

Nunca a mais atraente

Aquela que já foi revirada, revirada e revirada que nem tem mais graça de olhar

Aquela que tem as mesmas misturas junto com o mesmo arroz e feijão

Aquela que já começa a ter uma cor acinzentada

Até eu me considero minha sobra

Pages