Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Sol poente

Sem rumo e perdido no tempo
O poente soberano, estendem-se
Ao longo da escuridão ali tão latente
 
Ode imortal a cada luminescência
Que se desvela no leito da noite desabando
Agora mais abençoada, arfando tão apaixonada
 
FC
Género: