Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer participar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Trilho

Apetece-me fugir, correr

sem destino nem estrada.

Passar pelas ruas e perceber,

que nunca me disseram nada.

 

Quero sumir, desaparecer,

andar perdido na caminhada.

Sentir momentos a perecer,

e outros a nascer pela geada.

 

Cansado, eu já fiquei, pesado,

vítima da intempérie daquele trilho.

Mas antes ser odiado que mal amado,

por isso seguirei, mesmo carregado

daquilo que mais dói e eu não partilho.

Género: