Concursos

  Quer publicar o seu livro de Poesia? Clique aqui.

  Quer partcipar nas nossas Antologias? Clique aqui.

Um dia em Praga

Um dia em Praga

Veja se ao que é verdadeiro,desvie a nevoa de sua cabeça

seja eu,seja voce ao menos uma vez

um inteiro.

 

O sonho da vida ao escandalo da morte

Réquiem de uma lembrança dos dia elubriantes

de sorte.

Em dias que me falta o coração,me farda em desconstrução,em nada assossego,nem cousa alguma,nem ego

se não sua voz de passarinho que sabe se la me apego.

 

Calos que beijam o asfalto/em numeros iguais rolam os dados,

Sem armas ou palavras, não somos nem soladados.

 

Em tempos de guerra ou paz Lennon protestava,

Com calos beijando o asfalto,eu ainda penso que

de nada adiantava.

 

Género: